Viajar para India

Desbravar um destino exótico, com uma gastronomia cheia de sabores fortes e marcantes, cidades com muitas cores e um povo alegre e com uma cultura que encanta e nos deixa sem palavras. 

Essa é a experiência de quem decide viajar para a Índia. Donos de uma cultura milenar, o país reúne diversas experiências em suas cidades turísticas que tornam uma visita imperdível. 

Mas, como se trata de um destino não tão popular como a Europa ou os Estados Unidos, alguns turistas deixam essa ideia de lado, por achar que a experiência não será, assim, tão gratificante. Ou que pode ser mais complicado do que prazeroso. 

Para desmistificar essas ideias, preparamos um texto com algumas dicas que vão te ajudar não só a decidir viajar para a Índia, como também a aproveitar melhor cada momento do passeio. Confira. 

Quando viajar para a Índia? 

Embora seja possível conhecer o país o ano todo, existem algumas épocas em que essa viagem se torna mais prazerosa. Por exemplo, nos meses de novembro e fevereiro. 

O período é o mais indicado para quem deseja conhecer a Índia pois, embora esteja na alta temporada, as temperaturas do país estão mais amenas, tornando os passeios mais agradáveis. Aliás, é possível aproveitar esse frescor até abril, quando começa a primavera. 

Agora, para quem decidir viajar durante o verão indiano (nos meses de junho a setembro), além do calor (as temperaturas podem alcançar os 40 graus) será preciso se acostumar com as chuvas constantes. 

Como chegar

O turista que decide viajar para a Índia não encontra dificuldades, já que existem diversos voos diretos para diversas cidades do país. Quem deseja pode, também, fazer conexões em outros países para chegar a outros destinos indianos. 

Documentos

Para que o turista possa aproveitar todos os encantos da Índia, é preciso ficar atento aos documentos que são necessários antes de fazer as malas e entrar no avião. Um deles é o visto de turista, que pode ser solicitado online, pelo site do Consulado da Índia. 

O visitante deve, ainda, possuir um passaporte com validade de seis meses e apresentar, também, o certificado internacional de vacinação contra a febre amarela, doença endêmica no país. 

Já o seguro viagem, embora não seja obrigatório, é um grande aliado do turista, pois evita gastos que podem surgir com imprevistos, como enfermidades que aparecem quando você já está em viagem. Ou, pior, perder sua bagagem em outro país? Esse seguro cobre imprevistos como estes. 

Jaipur – Índia

Passeio de tuk tuk

Veja Mais:  Chile

Apesar da aura, digamos, excêntrica, a Índia é um país muito moderno, mas que guarda algumas peculiaridades que os turistas adoram. Uma delas é o tuk tuk. 

Esse táxi típico do país é uma verdadeira atração para os viajantes que desembarcam na Índia, mas não apenas por eles. Os moradores do país também utilizam bastante esse serviço. 

Embora tenha uma aparência exótica, o tuk tuk é muito seguro, já que tem cinto de segurança, bagageiro para suas malas e um extintor. Então, se estiver pela Índia, não deixe de conhecer algumas cidades usando um tuk tuk. 

Destinos obrigatórios

A Índia é uma verdadeira mistura de cores, sabores e paisagens. Com tanta diversidade fica difícil saber o que é ou não imperdível durante uma viagem ao país. Por isso, separamos alguns destinos obrigatórios que todo turista, de passagem pela Índia, tem praticamente a obrigação em conhecer. 

Nova Délhi

A capital indiana é nossa primeira parada. Uma das cidades mais conhecidas da Índia, e também do mundo, ela pode ser definida como um local alegre, cheio de história e de muitas tradições. 

Em Nova Délhi o turista vai se deparar com as mulheres trajando os trajes típicos do país, vacas caminhando tranquilamente pelas ruas da capital (afinal, são animais sagrados) e um trânsito que deixa os nossos congestionamentos no chinelo. 

Além de todo esse conjunto de atrações, o turista que chega a Nova Délhi não pode deixar de visitar o Túmulo de Humayun, o mausoléu mongol mais antigo da cidade. 

Outros pontos turísticos que não podem ficar de fora da visita são o Portal da Índia, que homenageia os soldados mortos na Primeira Guerra Mundial, o Templo Lótus, o Palácio Forte Vermelho e a Mesquita Iama Masjid.

Agra

Lar do famoso Taj Mahal, a cidade de Agra é outro destino que não pode faltar em uma viagem à Índia. Além do templo, o ponto turístico mais famoso e visitado da cidade, o turista pode conhecer também o Forte Agra, com sua tonalidade vermelha. 

Outros destinos turísticos imperdíveis em Agra são a tumba Itmad-ud-Daulah e o Túmulo de Akbar. 

Jaipur

A cidade rosa é um destino muito quente. Literalmente. Ali, as temperaturas são realmente altas, mas as atrações turísticas são variadas. É possível visitar, por exemplo, o Hawa Mahal, edifício com arquitetura muito marcante. 

Outros locais imperdíveis são o Jantar Mantar, que já abrigou um observatório, e o Forte Amber, palácio que fica no monte de Jalpur, além do Palácio da Cidade. 

Varanasi

Capital da espiritualidade, a cidade de Varanasi recebe diversos turistas que querem se banhar ou mesmo realizar rituais religiosos nas águas do Rio Ganges. 

Além do Ganges, Varanasi concentra uma enorme quantidade de templos (cerca de 2 mil). Destes, um destino imperdível é o Kashi Vishwanath, o Templo Dourado, erguido em homenagem ao deus Shiva. 

Outro destino imperdível de quem passa por Varanasi é o Manikarnika Ghat, local destinado à cremação, às margens do Rio Ganges. 

Rishikesh

Rishikesh – Índia

A espiritualidade é uma das marcas da Índia, e quando se fala em meditação e reflexão, um destino imperdível é a cidade de Rishikesh, chamada também de Bombaim. 

Mais isolada, ela oferece a opção da prática do yoga, retiros espirituais e uma alimentação mais saudável. Além da chance de um mergulho nas águas do Rio Ganges. O trecho é limpo e sem qualquer traço de poluição. Sem dúvidas, uma experiência inesquecível para renovar o corpo e a mente. 

Mumbai

Agora, se você está em busca de um destino moderno e bastante agitado, bem parecido com os centros cosmopolitas da Europa, Mumbai é a uma ótima opção. 

Capital financeira da Índia, a cidade mescla história com modernidade, além de ser a sede de Bollywood, a indústria de cinema indiana. A cidade abriga, também, destinos imperdíveis, como o Portal da Índia, as Grutas de Efefanta, a Estação Chhatrapati Shivaji e a orla da cidade, o Marina Drive.