Viajar de avião – Quais as novas proteções?

As pessoas que precisam viajar de avião, há novas medidas protetivas em épocas que
são de Coronavírus. A lavagem das mãos é à medida que continua sendo como a
principal contra esse vírus. A outra recomendação, feita pelos especialistas é que seja
evitado o contato social e também as viagens que são de avião e a qualquer custo, mas
e quem precisa viajar, como proceder?

Para o caso de uma viagem de avião que seja inevitável, há algumas medidas que
devem ser tomadas para que sejam diminuídas todas as chances que são de contágio
por esse vírus. Portanto, todos os cuidados que são referentes a uma higienização, além
de serem os mesmos cuidados, eles necessitam de serem ainda mais reforçado num
ambiente como é o do aeroporto e nos aviões.

É importante frisarmos que os aeroportos são um ambiente confinado, o que por si só já
dificulta uma renovação que é do ar e com isso, são aumentadas todas as chances que
são relativas a um contágio. O número de pessoas que estão viajando está sendo baixo,
ajudando a quem possa realmente precisar realizar uma viagem de avião.

O viajante só deve viajar se for estritamente necessário e até pelo motivo de termos
algumas fronteiras fechadas, além de estar evitando esse contágio, que a sua melhor
forma de evitar é com a lavagem das suas mãos com água e sabão de forma frequente
e somente viaje se for estritamente necessário, por ser ideal que todos fiquemos o maior
tempo em nossas casas.

Algumas dúvidas ao viajar de avião nessa época
Precisamos ter alguns cuidados para viajar de avião e que são no check-in e na hora do
embarque que é necessário que se evite as filas, para se evitar também o contato com
outras pessoas. Esse procedimento pode ser feito por meio da máquina de
autoatendimento para esse check-in, sem esquecer-se de lavar as mãos antes e depois
desse procedimento.

O ideal é sempre manter uma distância que pode ser de 1 metro e meio entre as
pessoas e até na hora do raio-x essa distância não pode ser ignorada e lavar as mãos
ou se não puder lavar, use álcool gel, devido a ser bem provável que se tenha tocado
em alguma superfície. É preciso evitar também nessa época de Coronavírus e nessa
viagem, os beijos ou abraços nas pessoas.

Veja Mais:  Quais passeios fazer em Belém?

Muitos aeroportos ao redor do mundo estão checando a temperatura de seus viajantes e
a melhor forma de prevenção continua a mesma que é a de lavar as mãos com água e
sabão. Se não der, use nas mãos o álcool gel, como uma forma de reforçar essa
prevenção. Não é recomendável passar álcool gel no assento do avião, além de ser uma
medida sem qualquer eficácia.

São as empresas que devem ser as responsáveis por toda essa higienização e que
pode ser feita de forma diferente em cada ambiente. Nos voos que são vazios, as
empresas devem colocar os seus passageiros em assentos que sejam mais afastados,
fazendo com que seja evitado um contato que seja mais próximo entre os passageiros
que são desse voo.

Os que estão fazendo os aeroportos?
Perante a essa pandemia, os aeroportos estão tomando algumas novas medidas. De
acordo com a INFRAERO, no Brasil. os aeroportos possuem a orientação que é a de
reforçar todas as medidas preventivas, o que pode incluir o aumento de uma
higienização que é dos espaços. Disponibilizar álcool gel para os seus passageiros,
funcionários e otimizar os espaços para não ter aglomerações.

Nos sistemas que são de sonorização desses aeroportos, há informações que são
relativas ao voo e em todos os terminais que são da rede, que devem ser repassados de
forma que seja constante, com todos os materiais que são encaminhados pelo Ministério
da Saúde e da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A principal preocupação em um aeroporto é pelo transporte de pessoas que estejam
potencialmente infectadas de uma parte do mundo para outra e nenhum país quer
receber esse tipo de pessoa. No Brasil, o Ministério da Saúde informa que os casos que
são suspeitos de Coronavírus (COVID-19) são de pessoas que podem chegar de alguns
países que são do exterior.

Veja Mais:  5 Destinos com neve que você precisa conhecer

Entre esses países podemos citar os da América do Norte, Europa e Ásia, além dessas
pessoas que são desses lugares, estarem com sintomas que são dessa doença e que
podem ser uma febre, coriza, tosse e falta de ar. Antes desse acordo ser feito, o Brasil e
o governo do nosso país, para os casos considerados como suspeito, bastava serem
classificados esses passageiros pelo histórico de viagens e de países com transmissão.

As viagens de avião pós-pandemia
Com certeza o mundo pós-pandemia não será o mesmo e irá mudar toda a segurança
que é da aviação civil, trazendo novas medidas e regras que serão para o embarque nas
aeronaves que são comerciais e mundiais. Muita coisa precisará mudar no que tange a
proteção de seus passageiros, para garantir a proteção, a saúde e o bem-estar de seus
viajantes.

Algumas medidas serão as mais comuns em alguns aeroportos, que podem ser as
limpezas de todas as malas que forem despachadas, bem como as malas que são de
mão. Os aeroportos ainda devem ter scanners que são manuais, para uma medição da
temperatura de seus passageiros, com telas que são de proteção para os agentes no
check-in e com os faxineiros para uma limpeza que seja contínua das suas áreas.

Há outras ideias que podem ser consideradas como mais complexa e ainda exigem que
se tenha mais tempo ou coordenação, como a de que seja exigida para os passageiros
uma espécie de um passaporte que seja de imunidade, para que seja verificado se as
pessoas possam ter anticorpos da COVID-19, com exames e políticas que são de saúde
que sejam consistentes em todo o mundo.

As novas medidas que são de proteção para uma viagem, são relativas a essa infecção
que é causada pelo novo Coronavírus e que pode ser transmitido pelas pessoas ao
tocarem em uma superfície que está contaminada, pela mão de uma pessoa infectada
ou ao respirar as gotículas por alguém que tosse ou espirra. Uma coisa é certa o mundo
e as viagens de avião pós-pandemia não serão as mesmas.

Artigos Relacionados

Atenção: O Promoções de Passagens não solicita em nenhuma situação quantias em dinheiro para liberação de qualquer tipo de produto sobre passagens, seja jovem aprendiz ou vagas. Caso isto aconteça nos avise pelo formulário imediatamente. Observações: O Promoções de Passagens trabalha para manter todas informações o mais atualizadas possível. Vale ressaltar que essas informações podem divergir das informações encontradas nos sites de instituições empresariais e ou provedores de serviços de um site específico. Sobre instituições que não temos parcerias, todos os produtos indicados nesse site https://promocoesdepassagens.org/ não tem nenhuma garantia das informações estarem atualizadas. Lembre-se sempre de ler as condições de uso e termos de aquisição das instituições empresariais que você escolher. Parceiros: Como monetizamos? Recebemos uma pequena quantia das publicidades em nosso site e dos nossos parceiros quando indicamos um usuário que solicita algum produto ou uma proposta. Tudo que publicamos é baseado em avaliações quantitativas e qualitativas de cada produto. Vale ressaltar que nossos parceiros podem influenciar diretamente sobre os produtos que escrevemos e revisamos, na ordem dos "melhores" artigos e no local que esses produtos aparecem no Promoções de Passagens. Como temos diversos produtos em nosso site, não damos nenhum tipo de garantia da qualidade e atualidade das informações de todos esses produtos, por isso garantimos e priorizamos informações dos nossos parceiros. Nos avise pelo nosso formulário de contato.

Considerações: O Promoções de Passagens se esforça para manter todas informações atualizadas e precisas. Estas informações podem ser diferentes do que você vê nos sites de instituições empresariais, provedores de serviços ou um site de produtos específicos. Em caso de instituições não parceiras, todos os produtos empresariais são apresentados sem garantia das informações estarem atualizados. Sempre que escolher sua oferta leia as condições das instituições empresariais e termos de aquisição.

Parcerias: Como ganhamos dinheiro? Recebemos uma pequena compensação das publicidades em nosso site, dos nossos parceiros quando alguém efetua uma solicitação de proposta ou é aprovado para uma empresa que indicamos. As matérias que publicamos no Promoções de Passagens são baseados em avaliações qualitativas e quantitativas de cada produto - apenas. Nossas parcerias podem influenciar sobre os produtos nos quais escrevemos e revisamos, a ordem que os produtos aparecem nos "melhores" artigos, onde e se os produtos aparecem no Promoções de Passagens e o local onde são exibidos no site. Nós apresentamos diversos produtos, como você pode ver em nosso site, não damos garantia a qualidade e atualidade das informações de todos eles, por esse motivo priorizamos e garantimos as informações de instituições parceiras.