Viagens pós-pandemia e os melhores destinos

Muitas pessoas esperam ansiosamente pelo fim dessa pandemia, para voltarem
em suas viagens, aos quais, muitas delas são muito sonhadas. Todos nós
sabemos que não será fácil, rápido e que essa hora vai chegar. Ao mesmo tempo,
precisamos estar preparados, para escolher de forma muito assertiva e com
sabedoria, quais serão esses destinos em meio ao momento que passamos.

Há muitas dúvidas na escolha por essa viagem, após esse período de isolamento
social, ao qual, o nosso país passa e demais países no exterior também estão
passando. Entre elas, podemos citar, qual será a melhor hospedagem, o tipo de
turismo a ser feito, quais países ou lugares para se visitar, como será o transporte
e outras dúvidas. Veja algumas delas abaixo, para a sua próxima viagem.

PUBLICIDADE

As nossas dicas para uma viagem após essa pandemia
Siga as nossas dicas para a escolha do seu primeiro destino pós-pandemia e siga
também as nossas orientações para o seu próximo roteiro. O nosso desejo é o de
que essa viagem possa acontecer o mais rápido possível. O momento que
estamos vivendo é cheio de incertezas e com um constante fechamento das
fronteiras e com cancelamento de rotas que são internacionais.

A preferência quando tudo isso acabar é pelos destinos que sejam os nacionais,
por ser muito mais arriscada uma viagem para o exterior, além de não ser
possível prever de que possa ter novos períodos de quarentena em todo o
mundo, com o avanço dessa doença. Para o viajante não ser pego de surpresa
no exterior, essa viagem para fora do Brasil não é uma opção.

Uma viagem para o exterior e ser pego de surpresa pela volta ou por um pico
dessa doença em um destino, poderá trazer muitos transtornos, como uma
repatriação de seus cidadãos, por severas quarentenas que podem ser impostas
em um país ou tudo o mais que possa envolver esse momento, como o de ser
expulso, dormir em aeroportos, sem voos de retorno ao Brasil e etc.

Diminua esses e outros riscos, preferindo uma viagem pelo Brasil e por aqueles
destinos que sejam mais próximos de sua casa e no momento que
reconquistarmos a coragem de viajar, seremos também autorizados para nos
deslocar e por enquanto o ideal é não ir longe demais, priorizando uma viagem
pelas cidades que são mais próximas da sua.

Esse deslocamento se torna mais fácil, para se acontecer uma emergência ou
que tenha de retornar para a sua casa, com certa rapidez. O nosso país é grande
demais, com muitas dimensões que são continentais e por isso é importante
nesse período pós-pandemia, que se evite ir do extremo sul ao norte ou vice-
versa, preferindo as viagens que sejam as mais rápidas ou curtas.

As cidades pequenas
Busque pelas cidades que são pequenas para essa viagem, preferindo por
aquelas que podem ser conhecidas por voos que sejam curtos ou por uma
viagem de carro. Evite os destinos que tenha muita aglomeração de pessoas, o
que não é uma boa ideia nesse primeiro momento. Se o embarque em um voo for
distante, prefira os que sejam curtos, sem escalas ou conexões.

Quem não se sentir seguro num primeiro momento para essa viagem, prefira
viajar de carro, para evitar um desconforto nos aeroportos e ter mais controle
daquelas questões que são sanitárias e das muitas pessoas com que se terá um
contato numa viagem de avião, bem diferente do que se pode acontecer numa
viagem que seja de carro.

Os grandes centros urbanos não serão uma boa opção para a retomada de sua
viagem pós-pandemia, por ter a oportunidade de encontrar um grande número de
pessoas. Nas cidades que são pequenas, essa viagem poderá ser mais
sossegada, com menos pessoas circulando e poderá ser até mais fácil manter um
isolamento social recomendado e mesmo se a quarentena já tiver acabado.

Uma boa parte dos casos registrados do novo Coronavírus (COVID-19) está
sendo registrado nos grandes centros urbanos, até o dia de hoje e devido a isso,
é de fundamental importância evitar tais destinos com muitas aglomerações de
pessoas, ambientes que sejam fechados, com muitas filas ou mal ventilados, que
podem aumentar o risco de contágio dessa doença.

Bento Gonçalves

Para quem está pensando em ir aos lugares com museus, teatros, casas de
festas, espetáculos, baladas, parques que são fechados, shoppings, cinemas e
outros, a hora não é essa e você deve rever a sua viagem, por terem muitas
pessoas. Se a sua intenção for para um destino que tenha muitas pessoas ou
filas, prefira a compra de ingressos online para determinadas atrações.

Os destinos em meio à natureza
A preferência em sua viagem pós-pandemia e que serão considerados os
melhores destinos, que serão por aqueles lugares que estejam ligados a natureza
ou que sejam a céu aberto. O ideal será por uma viagem por um parque, por
praias e por cenários que sejam envoltos pela natureza, dando prioridade por
aqueles que não são tão cheios e de um intenso trânsito de pessoas.

Essas viagens poderão ser feitas por um pequeno grupo de pessoas e que tudo
possa ser feito por conta própria, sem uma necessidade num primeiro momento
de contratar um guia ou demais serviços, que pode ser uma boa trilha, passando
por belas cachoeiras, uma bonita praia e mantendo um contato que deverá ser de
muita intensidade com a natureza.

Paraty – RJ

Se a escolha de sua viagem por lugares que tenham praia, escolha por aquelas
que sejam as mais desertas e há algumas delas espalhadas pelo Brasil que
podem oferecer faixas que são de areia que ficam desertas, por serem longas e
tranquilas, por ser bem mais fácil, retomar nas suas viagens e num mundo que
não será igual e não somente no Brasil, num período pós-pandemia.

Os melhores destinos pós-pandemia podem ser os de Bento Gonçalves e o seu
Vale dos Vinhos, no Rio Grande do Sul. Tiradentes e as cidades próximas de
Minas Gerais. A Chapada Diamantina, na Bahia. A Chapada dos Veadeiros ou
Pirenópolis, em Goiás. São Miguel dos Milagres, em Alagoas. Paraty, no Rio de
Janeiro. Ubatuba, litoral Norte de São Paulo. Escolha por um desses destinos.