Viagem para Bonito

Planejando viajar para Bonito – MS? Então aqui vai uma sugestão de roteiro de viagem que você pode fazer se hospedando alguns dias na cidade!

Bonito é um dos destinos mais lindos e incríveis do Brasil, como o próprio nome já sugere. Fica localizado no Mato Grosso do Sul, a 223 km de Campo Grande, capital do estado, e tem tudo para te surpreender e conquistar.

Um lugar muito organizado e preparado no que se diz respeito ao ecoturismo, pois é um lugar extremamente limpo e consciente em relação ao meio ambiente. É de se surpreender com as lindas cachoeiras, os magníficos rios e a água mais cristalina que talvez vá encontrar no mundo inteiro.

Com certeza é um dos lugares para viajar mais incríveis do Brasil e está entre aqueles lugares que todo mundo sonha em conhecer, e a infraestrutura de turismo é perfeita: excelentes pacotes de viagem, passeios, e agências de turismo receptivas. Além disso, as pousadas e hotéis e a própria cidade de Bonito não deixam a desejar.

POR QUE CONHECER?

– Os rios de Bonito estão entre os 1000 lugares que você precisa conhecer, do livro “1000 Lugares para Conhecer Antes de Morrer”, da Patrícia Schultz;

– a Flutuação no Rio da Prata, a Flutuação no Rio Sucuri e o Abismo Anhumas são atrações 5 estrelas pelo Guia Quatro Rodas Brasil;

– Em novembro de 2013, Bonito foi eleita o melhor destino de turismo responsável no mundo pelo World Responsible Tourism Awards;

– Bonito é o lugar certo para nadar de snorkel ou fazer mergulhos em lugares como o Rio da Prata e o Rio Sucuri que possuem um grau de visibilidade incrível, devido ao calcário encontrado em suas águas;

– Para quem curte cachoeiras e passeios de aventura, Bonito também é seu lugar. São inúmeras opções emocionantes como rapel, bicicleta, rafting, canoagem, bóia-cross e stand-up paddle.

 

COMO CHEGAR?

O melhor modo é se deslocando de Campo Grande, onde fica o principal aeroporto, até a cidade de Bonito. Hoje existem voos que chegam no aeroporto de Bonito, porém nem sempre possuem os melhores preços, pois apenas uma companhia aérea faz esse voo.

O ideal, portanto, é considerar um dia para chegar e outro para partir.

 

Veja Mais:  As menores cidades para conhecer no Brasil

O QUE FAZER LÁ?

– GRUTA DO LAGO AZUL: é um dos lugares mais famosos de Bonito. Uma caverna incrível com um lago de água azul absurdamente lindo. Ideal é visita-lo na parte da manhã.

 

– GRUTA DE SÃO MIGUEL: outra gruta gigante e você pode ter um contato legal com a natureza. Destaca-se pelas belas construções geológicas (estalactites e estalagmites, por exemplo) formadas através do tempo.

 

– PASSEIO DE BOTE PELO RIO FORMOSO: perfeito para deixar a viagem com clima de aventura.

 

– FLUTUAÇÃO DO RIO SUCURI: A água do Rio Sucuri é uma das mais cristalinas do mundo, o que se deve pela alta intensidade do cálcio no local. Com isso a visão se torna muito nítida e diferente de qualquer outro lugar do mundo.

 

– ESTÂNCIA MIMOSA: lugar incrível com diversas cachoeiras como Cachoeira do Mutum, a Cachoeira do Desejo, a Cachoeira do Sol e também a Cachoeira Água Doce. Esse circuito percorre 8 cachoeiras, que proporcionam diferentes experiências. O percurso é bem agradável, com trilhas suspensas e alguns mirantes.

 

– FLUTUAÇÃO NO RIO DA PRATA: é uma das mais famosas, por isso o ideal é fazer pela parte da manhã, pois fica mais afastado.

 

– BURACO DAS ARARAS: Um lugar que chama a atenção pelo visual e, principalmente, pelos seus moradores: as lindas araras.

 

– ECO PARK PORTO DA ILHA: passarelas suspensas e alguns saltos de água são os atrativos. O passeio até a chegada no local do Eco Park Porto da Ilha permite uma outra experiência em Bonito. O mais famoso passeio é o de bote pelo Rio Formoso, mas você também pode optar por um stand up paddle.

 

– BOIA CROSS DO HOTEL CABANAS: um percurso de 3 cachoeiras e 3 corredeiras, e no final, a boia vira. Tome cuidado com as câmeras fotográficas durante o percurso, a bóia pode virar algumas vezes e é preciso segurar nela, por isso você deve estar com as mãos livres

 

Veja Mais:  O que conhecer em Criciúma?

– TRILHAS E CACHOEIRAS DA BOCA DA ONÇA: nesse passeio você vai fazer trilhas tranquilas, tomar banho em cachoeiras, dentre elas a própria Cachoeira Boca da Onça, a mais alta do Mato Grosso do Sul.

 

– CACHOEIRAS DA SERRA DA BODOQUENA: esse é um atrativo relativamente novo, porém bem legal para quem curte trilhas, cachoeiras e quer passar um dia em contato com a natureza.

 

– ABISMO ANHUMAS: é uma caverna que você só consegue entrar por uma corda de rapel. Toda estrutura e organização te oferecem a máxima segurança possível. Só entram 20 pessoas por dia, portanto, agende!

ONDE FICAR?

– HOTEL POUSADA ÁGUAS DE BONITO: um dos poucos hotéis da região que oferecem chá da tarde, a merenda pantaneira. Está entre os melhores avaliados do TripAdvisor.

 

– POUSADA GIRA SOL: para quem procura uma hospedagem mais econômica. Bem localizada e avaliada como ‘fantástica’ pelo Booking.com.

 

– CHE LAGARTO HOSTEL BONITO: oferece quartos privados por menos de 100 reais. Realmente muito em conta. A estrutura é mais simples, mas nem por isso te decepcionará. Perfeito para quem quer economizar.

 

QUANDO IR?

Os meses mais quentes são setembro e outubro, portanto, se preferes mais conforto, fuja desses meses. Em contrapartida, os meses mais frios são junho a agosto em que as temperaturas chegam a 20 graus.

Porém, nos meses de inverno costuma ser muito seco, enquanto que no verão há mais chuvas. Por este motivo as águas se tornam menos cristalinas. 

No inverno, a visibilidade dos rios torna-se ainda maior. O sol também colabora na visibilidade e na beleza das flutuações. A temperatura da água é constante, não importa a época do ano.

Por isso tudo, a melhor época para passeios é dezembro e janeiro, em que principalmente o sol bate nas águas da Gruta da Lagoa Azul, tornando as cores da lagoa ainda mais incríveis.