Quanto custa viajar pelo Brasil?

Sabemos o quanto o Brasil é imenso, com suas diversas culturas, cidades,
e atrações diferenciadas. O turismo local nem sempre é devidamente
explorado e aproveitado.

Mas, quanto custa viajar pelo Brasil? A resposta depende de muitos
quesitos, como a região para onde se vai viajar, a data escolhida, o preço
das passagens, o hotel, a alimentação e etc.

Gastos médios de uma viagem
Uma viagem pelo Brasil, para uma pessoa apenas, pode custar de 100 a
150 reais por dia, já inclusa a hospedagem e o transporte. Isso, se as
reservas nos hotéis forem efetuadas anteriormente.

Para alugar um carro na cidade em que visita, a fim de se deslocar com
mais facilidade, o preço dos aluguéis podem ser de 40 a 50 reais o dia. Os
turistas que optarem por viajar de avião, dependendo da rota, pode ficar
entre 300 e 800 reais, no Brasil.

Com a inflação e os preços subindo de forma descontrolada no país, em
contrapartida com o salário mínimo que não acompanha os aumentos,
fica difícil planejar uma viagem longa e cara.

Por isso, a opção muitas vezes é deixar de lado os gastos com lazer, a fim
de que as contas fechem no azul ao findar o mês. Uma das opções para
curtir uns dias de folga e passear pelo Brasil, é o famoso “mochilão”.

Como fazer um mochilão pelo Brasil, despesas principais:

Um mochilão é caracterizado por sair somente com uma mochila, levando
pouca coisa e com objetivo de percorrer várias cidades do Brasil, gastando
pouco.

A preço médio gasto por essa aventura, também depende de quantos dias
vai viajar, lugares em que vai conhecer, os passeios, hospedagens,
alimentação e etc.

Os custos de passagens de ida e volta podem variar muito de região para
região, e como será o transporte, se de avião, ônibus ou carro. Se você for
viajar sozinho, pode optar por se hospedar em Hostels, que são quartos e
banheiros compartilhados com mais pessoas.

 

Se for acompanhado da família, pode preferir se hospedar em um Hotel,
uma pousada e até uma casa alugada para uma temporada, o que pode
ser uma opção mais cara.

Veja Mais:  5 lugares para viajar sozinho SP

Em um Hostel no Rio de Janeiro, por exemplo, o preço médio para se
passar uma noite é de sessenta reais, e para a capital mineira de Belo
Horizonte, o preço médio é de quarenta e cinco reais.

Os valores mudam porque algumas capitais são mais procuradas por suas
praias e belezas naturais. Na cidade de Bonito, ou em Jalapão, é
necessário contratar uma agência de viagem, mas em cidades litorâneas,
pode-se apenas relaxar e curtir passeios a pé pelas ruas.

Os Estados de São Paulo e Rio de Janeiro, são lugares mais caros para
alimentação. Lugares como restaurantes, ou fast-foods são boas opções
para se comer de forma gostosa e barata.

As dicas dos viajantes veteranos, é optar por comidas da região, mas sem
a necessidade de visitar os restaurantes mais badalados e concorridos da
cidade. Optar por fazer uma refeição mais elaborada por dia, e mesclar os
lanches leves e baratos ao longo da viagem.

Os preços de transportes públicos na cidade de São Paulo, por exemplo,
podem variar entre quatro reais, dependendo do lugar em que se for. E
nas praias do Nordeste, é possível economizar nesse item, indo a pé até as
margens do mar.

Na cidade de Chapada dos Veadeiros, no Estado de Goiás, o custo para se
alugar um carro, pode aumentar o orçamento da viagem, ficando em
média de oitenta reais por dia, mas pode compensar pela beleza do lugar,
com os seus parques naturais e ecológicos.

Um dos lugares bem procurados para passear no Brasil, é Florianópolis em
Santa Catarina. As praias da região são belíssimas, cerca de 100 delas
espalhadas pelo Estado, circundadas por Dunas e trilhas.

Os turistas também podem conhecer museus, parques, mirantes, baladas
e barzinhos na capital gaúcha.

Outras cidades bem requisitadas como destinos de viagem, são: Fortaleza,
Foz do Iguaçu, Caldas Novas, Porto Seguro, Búzios, Cabo Frio, Recife,
Natal, Gramado e etc, provando que não precisa necessariamente ir para
o Exterior para contemplar belas paisagens.

Veja Mais:  Puerto Varas e suas maravilhas andinas

 

No sul do Brasil, os preços médios para os passeios na cidade, ficam entre
vinte e setenta reais, ao visitar museus, parques, salões de automóveis,
etc, o que acaba encantando os turistas que chegam para se divertirem e
que querem gastar pouco.

No Nordeste brasileiro, as praias encantam e são as protagonistas dos
passeios turísticos. Os peixes fritos, caranguejada e demais pratos típicos
da região, podem variar de doze a quarenta e seis reais o dia, ou seja, uma
boa média para se comer bem.

É importante definir um orçamento a ser gasto por dia, como as
prioridades escolhidas (e que não abre mão, por exemplo, alimentação,
uma boa cama, etc), o destino a ser percorrido, balancear e equilibrar as
finanças.

Escolher bem a época em que se vai viajar para determinada região do
Brasil, também é importante, pois nas chamadas alta temporada, os
custos com alimentação, hospedagens, e transportes podem dobrar o seu
preço normal.

Opte por levar um bom protetor solar, óculos de sol, roupas claras, leves e
confortáveis, um bom tênis, roupas de banho, e não é preciso se
incomodar em repetir roupas ou fazer várias composições com uma única
peça.

Enfim, o bom senso, disposição e iniciativa, são primordiais para fazer uma
viagem inesquecível pelo Brasil gastando pouco, guardando muitas
memórias, priorizando a leveza, pouca bagagem, focando na diversão
todos os dias, equilibrando e seguindo o orçamento estipulado.

O nosso país ainda é muito pouco explorado na área de turismo. É
necessário que seja melhor divulgado, com preços especiais para os
moradores, atrações acessíveis para todos os bolsos, gostos, capacidades
de locomoção (para cadeirantes, por exemplo), e incentivos do Governo.

Não só viajar e se divertir, mas sempre se preocupar com a preservação e
sustentabilidade das nossas reservas naturais de rios, mares, cachoeiras, e
patrimônio histórico e cultural que cada cidade, Estado e região possui em
sua composição.

Artigos Relacionados

Atenção: O Promoções de Passagens não solicita em nenhuma situação quantias em dinheiro para liberação de qualquer tipo de produto sobre passagens, seja jovem aprendiz ou vagas. Caso isto aconteça nos avise pelo formulário imediatamente. Observações: O Promoções de Passagens trabalha para manter todas informações o mais atualizadas possível. Vale ressaltar que essas informações podem divergir das informações encontradas nos sites de instituições empresariais e ou provedores de serviços de um site específico. Sobre instituições que não temos parcerias, todos os produtos indicados nesse site https://promocoesdepassagens.org/ não tem nenhuma garantia das informações estarem atualizadas. Lembre-se sempre de ler as condições de uso e termos de aquisição das instituições empresariais que você escolher. Parceiros: Como monetizamos? Recebemos uma pequena quantia das publicidades em nosso site e dos nossos parceiros quando indicamos um usuário que solicita algum produto ou uma proposta. Tudo que publicamos é baseado em avaliações quantitativas e qualitativas de cada produto. Vale ressaltar que nossos parceiros podem influenciar diretamente sobre os produtos que escrevemos e revisamos, na ordem dos "melhores" artigos e no local que esses produtos aparecem no Promoções de Passagens. Como temos diversos produtos em nosso site, não damos nenhum tipo de garantia da qualidade e atualidade das informações de todos esses produtos, por isso garantimos e priorizamos informações dos nossos parceiros. Nos avise pelo nosso formulário de contato.

Considerações: O Promoções de Passagens se esforça para manter todas informações atualizadas e precisas. Estas informações podem ser diferentes do que você vê nos sites de instituições empresariais, provedores de serviços ou um site de produtos específicos. Em caso de instituições não parceiras, todos os produtos empresariais são apresentados sem garantia das informações estarem atualizados. Sempre que escolher sua oferta leia as condições das instituições empresariais e termos de aquisição.

Parcerias: Como ganhamos dinheiro? Recebemos uma pequena compensação das publicidades em nosso site, dos nossos parceiros quando alguém efetua uma solicitação de proposta ou é aprovado para uma empresa que indicamos. As matérias que publicamos no Promoções de Passagens são baseados em avaliações qualitativas e quantitativas de cada produto - apenas. Nossas parcerias podem influenciar sobre os produtos nos quais escrevemos e revisamos, a ordem que os produtos aparecem nos "melhores" artigos, onde e se os produtos aparecem no Promoções de Passagens e o local onde são exibidos no site. Nós apresentamos diversos produtos, como você pode ver em nosso site, não damos garantia a qualidade e atualidade das informações de todos eles, por esse motivo priorizamos e garantimos as informações de instituições parceiras.