Quanto custa tirar o visto para os EUA

Frisamos que, um visto americano é considerado como um primeiro passo para uma viagem aos Estados Unidos. É também uma autorização de entrada a esse país. Só entra nesse destino, quem tiver aprovado esse documento que é visto como mágico. Os Estados Unidos aparecem como em primeiro lugar, na lista de destinos preferidos pelos brasileiros. Vem saber quanto custa tirar o visto para os EUA. 

Contudo, ao dar inicio a um planejamento de viagem para os EUA, muitas são as dúvidas dos viajantes. Saiba que essa e outras respostas, podem ser bem simples. No entanto, há muitos boatos a respeito, uns dizem que é muito difícil ou muito fácil. O fato é que isso irá depender de uma série de fatores e que esse documento é tido como indispensável para essa viagem maravilhosa ao exterior.

Quem estiver planejando essa viagem que é internacional, a primeira coisa que deve ter em mente é o de que necessitará de ter um passaporte que seja válido e uma autorização de entrada. Como acontece nos Estados Unidos, que exige que os brasileiros tirem o visto americano. Há diferentes tipos de visto americano. O viajante deve conferir se atende a todas as exigências.

Separamos em detalhes os tipos de visto e como ele deve ser feito, além é claro de informar quanto custa tirar o visto para os EUA. Para a obtenção do visto americano, deve-se preencher um formulário que é específico, mas que varia de acordo com a finalidade dessa viagem, pagar uma taxa e depois comparecer a um dos Consulados dos EUA no Brasil.

Os tipos de visto americano  

O visto B-1 é para visitantes a negócio ou para as pessoas que viajam para os EUA para fazer negócios, ou seja, para os empregadores não americanos. Ele somente é emitido quando há a garantia de quem nenhum trabalhador americano correrá o risco de perder o emprego, com essa visita e que não será remunerado por nenhuma fonte americana.

O B-2 é um visto para visitante a passeio ou turistas, sem ser permitido um trabalho e nem estudar, a exceção fica por conta dos cursos que tenham uma baixa carga horária. O tempo de duração deste visto é de 10 anos, mas o tempo de permanência desse turista no país é de 6 meses, o que depende do oficial de imigração no momento da entrada aos Estados Unidos.

Veja Mais:  Destino para se fazer trilhas de moto

O visto C-1 é de trânsito, para os viajantes que apenas estão de passagem e que necessitam de um visto válido. O Visto F-1/F-2 é de estudante que foram admitidos em uma instituição escolar que é aprovada pelo Serviço de Imigração, que são os Colégios ou Universidades, com o estudante precisando comprovar que possuí vínculos com o seu país de origem e que voltará ao final do curso.

O visto J-1/ J-2 que é para um programa de intercâmbio e não se aplica para quem deseja fazer um curso que é de curta duração nos EUA. Nele, são incluídos os estudantes de pós-graduação, os estrangeiros graduados em medicina, que estão em busca de uma pós-graduação ou de uma especialização, os acadêmicos estrangeiros patrocinados por universidades, docentes temporários e estagiários. 

O visto M-1/M-2 é de estudante vocacional. É um visto destinado para os estudantes que pretendem frequentar uma universidade ou outra instituição acadêmica nos EUA.  O visto EB-5 é para os estrangeiros que queiram investir nos Estados Unidos. O visto H é para quem foi contratado por uma empresa americana para um trabalho temporário e o L1 é para quem foi transferido e trabalha em uma multinacional.

 

Como tirar o visto americano

O primeiro passo é o de preencher um formulário DS-160 e que deve ser preenchido com muito cuidado, para evitar erros e ter uma recusa no visto. Entretanto, qualquer erro no preenchimento dos dados, pode prejudicar um processo que é o de aplicação desse visto ou até ocasionar uma negativa. Salve cada uma dessas etapas e principalmente o número do formulário, para a página não expirar.

Ao finalizar o cadastro dos dados no formulário D-160, realize o pagamento de uma taxa, que mais para frente vamos detalhar, com esse pagamento podendo ser feito com cartão de crédito internacional ou por meio de boleto. É uma única taxa e não há mais uma cobrança em separado para um agendamento ou envio de passaporte. Mesmo que se tenha uma solicitação negada, a taxa não será devolvida.

Veja Mais:  Melhores destinos de viagem para Ásia: Tailândia e Indonésia

O próximo passo é o de agendar uma entrevista e depois de aguardar um prazo que é o exigido para a confirmação de um pagamento, que é de 2 dias úteis, começa a fase que é o de agendamento de uma entrevista. O tempo de espera para essa entrevista pode variar e ser de acordo com um local que é o escolhido, em uma data que é a de entrevista em um consulado.

Valores das taxas do visto americano

De $ 160,00 USD para visitantes, turismo, tratamento médico, em trânsito pelos EUA, membro de tripulação, estudante acadêmico, estudante vocacional e não acadêmico, membros da mídia ou jornalistas, visitante de intercâmbio, profissional NAFTA, vítima de tráfico ou vítima de atividade criminosa.

De $ 190 USD para trabalhador, emprego temporário ou estagiários, pessoas com habilidade extraordinária, atletas, artistas e profissionais de entretenimento, visitante de intercâmbio cultural internacional, trabalhador religioso, transferência na mesma empresa. De $ 205 USD para negociador por tratado, investidor por tratado, profissional australiano especializado.

De $ 265 USD é para noivo ou esposo de cidadão dos EUA. Taxas adicionais e além da taxa para o visto ou MRV podem ser necessárias e para que seja obtido o visto de não imigrante, como a taxa SEVIS ou Sistema de informação de Estudante e de Visitante de Intercâmbio. Após alguns procedimentos será bem provável que o viajante seja aprovado.

Em todo o processo de visto para os Estados Unidos, o mais temido de todos é a entrevista, mantenha nessa hora a sua calma, falando a verdade e confirmando todos os dados que foram os apresentados no formulário de solicitação. O numero de brasileiros reprovados está cada vez menor e as chances de ter o seu visto negado e desde que não tenha nada de errado, será bem pequena. 

Artigos Relacionados

Atenção: O Promoções de Passagens não solicita em nenhuma situação quantias em dinheiro para liberação de qualquer tipo de produto sobre passagens, seja jovem aprendiz ou vagas. Caso isto aconteça nos avise pelo formulário imediatamente. Observações: O Promoções de Passagens trabalha para manter todas informações o mais atualizadas possível. Vale ressaltar que essas informações podem divergir das informações encontradas nos sites de instituições empresariais e ou provedores de serviços de um site específico. Sobre instituições que não temos parcerias, todos os produtos indicados nesse site https://promocoesdepassagens.org/ não tem nenhuma garantia das informações estarem atualizadas. Lembre-se sempre de ler as condições de uso e termos de aquisição das instituições empresariais que você escolher. Parceiros: Como monetizamos? Recebemos uma pequena quantia das publicidades em nosso site e dos nossos parceiros quando indicamos um usuário que solicita algum produto ou uma proposta. Tudo que publicamos é baseado em avaliações quantitativas e qualitativas de cada produto. Vale ressaltar que nossos parceiros podem influenciar diretamente sobre os produtos que escrevemos e revisamos, na ordem dos "melhores" artigos e no local que esses produtos aparecem no Promoções de Passagens. Como temos diversos produtos em nosso site, não damos nenhum tipo de garantia da qualidade e atualidade das informações de todos esses produtos, por isso garantimos e priorizamos informações dos nossos parceiros. Nos avise pelo nosso formulário de contato.

Considerações: O Promoções de Passagens se esforça para manter todas informações atualizadas e precisas. Estas informações podem ser diferentes do que você vê nos sites de instituições empresariais, provedores de serviços ou um site de produtos específicos. Em caso de instituições não parceiras, todos os produtos empresariais são apresentados sem garantia das informações estarem atualizados. Sempre que escolher sua oferta leia as condições das instituições empresariais e termos de aquisição.

Parcerias: Como ganhamos dinheiro? Recebemos uma pequena compensação das publicidades em nosso site, dos nossos parceiros quando alguém efetua uma solicitação de proposta ou é aprovado para uma empresa que indicamos. As matérias que publicamos no Promoções de Passagens são baseados em avaliações qualitativas e quantitativas de cada produto - apenas. Nossas parcerias podem influenciar sobre os produtos nos quais escrevemos e revisamos, a ordem que os produtos aparecem nos "melhores" artigos, onde e se os produtos aparecem no Promoções de Passagens e o local onde são exibidos no site. Nós apresentamos diversos produtos, como você pode ver em nosso site, não damos garantia a qualidade e atualidade das informações de todos eles, por esse motivo priorizamos e garantimos as informações de instituições parceiras.