Dicas para a sua bagagem em uma viagem de avião

A sua bagagem ao ser despachada irá ser transportada no porão de um avião. É possível entregá-la ao representante da companhia aérea no balcão, na hora do seu check-in ou deixar essa bagagem em um ponto que é para a entrega dessa bagagem. Aqui no post, lhe daremos muitas dicas, dessa bagagem para o viajante ter em uma viagem, que é feita pelo meio de transporte que é o avião.

Será a companhia aérea, que assumirá a responsabilidade que é pela sua bagagem, logo que, a mesma for registrada ou marcada, ao receber uma parte da tag, que geralmente fica presa ao cartão de embarque, que lhe servirá como um documento que deverá ser utilizado para que seja identificado a sua bagagem na chegada de sua viagem.

Contudo, ao preparar a sua mala, para uma viagem de avião, é importante que a sua bagagem possa cumprir determinadas condições, que podem ser definidas por cada pessoa ou por cada companhia aérea, que pode ser o limite de volume ou de peso, sem ter objetos na mala que possam ser proibidos, lendo antes do voo o regulamento que é o da companhia aérea.

No entanto, cada transportadora aérea, possui o seu regulamento que é interno e em relação ao peso ou ao volume que é o de bagagem de mão, que deverá ser registrada. Há uma lista que é a de itens que não podem ser transportados numa bagagem que é a de mão e que podem ser colocados na bagagem, que será a despachada. O passageiro deve verificar antes de uma viagem.

Na sua bagagem de mão, deve ser levado sempre os seus itens que são os pessoais, tais como: notebooks, câmeras, celulares, dinheiro, joias e os documentos, para que sejam evitados todos os riscos de algo ser danificado ou perdido. Informe também para a companhia aérea, pelos itens que estão na bagagem e que são incomuns, como isqueiro, ferramentas ou outros.

Peso das bagagens nas companhias aéreas 

As companhias aéreas que são aquelas com um menor preço cobram na maioria dos casos, taxas que são as adicionais, por uma bagagem que é despachada. Se o passageiro decidir comprar uma franquia de bagagem despachada, deverá marcar a opção correta, para reservar o seu voo, com a taxa dessa bagagem sendo incluída no preço final do seu bilhete, antes da sua reserva. 

Na grande maioria das companhias aéreas, que são de baixo custo, o peso que é o máximo de uma bagagem que pode ser despachada é de 32 kg. Se tiver comprado uma bagagem extra, não pode passar desse limite. Se exceder esse limite de peso ou tamanho, poderá ser considerada uma bagagem excessiva ou incomum, podendo ter encargos que são adicionais.

Em companhias aéreas, que são as tradicionais e na hora da compra da passagem, o viajante deve sempre conferir se a bagagem despachada está incluída ao preço do bilhete. Se não estiver, ela poderá ser adicionada, pagando um preço que será a mais por isso. Os limites que são de peso ou a quantidade dependem da classe econômica, executiva ou de uma primeira classe e até da rota que será feita de avião. 

Qualquer bagagem, que possa exceder o peso, será tratada como um excesso e será cobrada adicionalmente, de acordo com a tabela de taxas de uma companhia aérea. Por outro lado, os limites de uma bagagem de mão, são definidos pelas companhias aéreas e com base em critérios, que são para atender ao peso máximo de decolagem do avião, de ações preventivas e de segurança a bordo do avião.

Padrão definido pela ANAC para a bagagem de mão    

Veja Mais:  O que devo levar em conta ao escolher um pacote?

A ANAC é a Agência Nacional de Aviação Civil. O órgão é o que define, entre outras atribuições, um padrão para a bagagem de mão. Nos voos que são os domésticos, a bagagem de mão, deve ter as seguintes medidas, que são 35 x 25 x 55 cm, o que pode significar o comprimento x largura x altura, já incluindo as alças, os bolsos e as rodinhas de uma bagagem e com no máximo 10 kg.

As bagagens que ficam fora dessas especificações, deverão ser despachadas no balcão, que é o de check-in da companhia aérea. Se exceder as especificações mostradas acima em uma bagagem, a companhia aérea poderá exigir que essa mesma bagagem não viaje com o passageiro e seja despachada. Nos voos internacionais, isso irá depender da companhia aérea e com o peso variando.

Ainda segundo a ANAC, o passageiro pode levar uma bolsa que é de mão, uma maleta ou um equipamento que possa ser acomodado embaixo do assento de um passageiro ou no compartimento próprio do avião e na cabine. Pode-se levar um casaco, sobretudo, manta ou cobertor, um guarda-chuva ou bengala e desde que, não tenham pontas.

É possível levar também uma máquina fotográfica, notebook, binóculos, material para leitura na viagem, uma alimentação para as crianças e para consumo na viagem, além de poder levar muletas ou aparelhos que são ortopédicos e usados pelo passageiro. Instrumentos musicais também são permitidos e desde que, possam passar pelo Raio-X e até um carrinho de bebê dobrável, pode levar.

Para os voos internacionais as restrições mudam. Não pode levar armas, de qualquer tipo ou réplicas, objetos com pontas, cortantes ou que tenham uma ponta arredondada ou que possam causar algum ferimento, como os alicates de unha, as substâncias que são as explosivas, inflamáveis, tóxicas ou químicas ou que possam colocar a integridade dos viajantes ou do avião em risco.

No mais, a dica é sempre identificar a sua bagagem, para que seja facilitada a sua visualização, que acontecerá na sala de embarque ou desembarque, com adesivos que são plásticos ou etiquetas para ajudar na visualização. Nunca transporte uma bagagem que não seja do seu consentimento ou com um conteúdo desconhecido. Evite despachar uma bagagem, com algo que seja de valor e declare sempre o seu valor. 

Seguindo as nossas dicas, sobre a sua bagagem em uma viagem de avião, será possível evitar algum sufoco no seu passeio ou pagar muito caro, por causa de um excesso de bagagem, já que algumas companhias aéreas possuem as suas regras em relação às bagagens despachadas ou as de mão. Tenha muita atenção, quanto a esse assunto em sua viagem de avião.