Conheça a Patagônia e seus pontos turísticos

A Patagônia fica entre a Argentina e o Chile. É considerado como um destino que é
de muita fascinação em todo o mundo. É uma região cheia de cantos que são
intocados, de tamanha abrangência de territórios e com muitos pontos que são
turísticos. Conheça alguns locais que são bem interessantes para a sua viagem e
descubra todos os seus encantos.

As nossas dicas
Conhecer a Patagônia é ter diversas coisas para se divertir. É também encontrar
uma geografia que é considerada como desafiadora e em terras que são distantes.
Atividades e passeios não irão faltar para os seus visitantes e também conhecer a
sua gastronomia que é local, será uma boa pedida. Lembre-se que o seu clima é
predominantemente frio e com baixas temperaturas.

PUBLICIDADE

Conheça seus principais pontos turísticos
Entre as fronteiras da Argentina e do Chile, a Patagônia é com muitos pontos
turísticos que acaba deixando muitos de seus turistas na dúvida sobre o que
conhecer e vamos conhecer muitos deles nas duas fronteiras. Pelo lado do Chile
está a versão mais inóspita e pelo lado da Argentina há destinos muito mais
conhecidos pelos brasileiros, como Bariloche e outros.

O Parque Nacional de Nahuel Huapi
Está localizado perto de Buenos Aires, na província de Rio Negro. É o mais antigo
parque da Argentina, com uma extensa lista com muitas opções de atividades para
os seus turistas, com práticas de esportes, para os amantes da caminhada e para as
pessoas que podem realizar rafting, cavalgadas, pesca e canoagem. Aprecie
também a sua bela fauna e com suas espécies nativas.

Um destino que não pode ser esquecido na Patagônia
Estamos nos referindo a Ushuaia, que também é conhecida como uma cidade
austral, que está em nosso planeta. É também uma cidade muito fria na Argentina,
com muitas espécies marinhas que podem ser vistas como os pinguins e leões
marinhos, que podem ser vistos pelos seus visitantes. Um ótimo lugar para a prática
de trekking e canoagem.

Bem perto de Bariloche a Península Valdés
Ainda do lado argentino, conheça a Península Valdés, em Chubut que é uma
província que poucas pessoas conhecem e que até encantou ao naturalista Charles
Darwin. O viajante poderá ver lugares lindos como o Trevellin, com toda a sua
biodiversidade, que é com contato com a natureza e com os aventureiros que
visitam esse lugar, podendo conhecer toda essa natureza exuberante.

 

Um ponto turístico desejado
Esse é El Calafate que é considerado como muito desejado e famoso do lado
argentino, com uma geleira que é horizontal e a maior do mundo. O gelo sempre
estará por lá e com muitas atividades que são com caminhadas sobre a geleira, com
degustação de uísque e com seus viajantes ficando maravilhados com tudo o que
essa região pode proporcionar nessa viagem que é maravilhosa.

Uma região de muito charme
El Chaltém é uma cidade ainda do lado argentino que é de muito charme, abrigando
um povoado que é considerado como o mais antigo desse país. Há um total de
apenas 500 habitantes nessa região, mas que fica lotada por turistas que encontram
nessa região uma boa infraestrutura e uma boa rede hoteleira, com muitas opções
que são gastronômicas e com uma bela visão para essa região.

Na província de Neuquén
Por lá encontramos o Parque Nacional Los Arrayanes, que é um parque com muitas
belezas que são de tirar o fôlego de seus turistas, o que pode render a eles também,
ótimas fotografias para registrar esses momentos. É com um visual considerado
como muito bucólico, com muitos animais como javalis, veados e até a raposa
vermelha. Um local que abriga aos seus viajantes e os deixam maravilhados.

Na parte do Chile na Patagônia
Para essa parte também separamos alguns destinos que são considerados como
turísticos e que recebem muitos deles, como o Parque Torres Del Plaine que é com
uma linda paisagem que conta com boas oportunidades para os esportes radicais. É
também considerado como uma Reserva da Biosfera pela UNESCO e um ótimo
local para trilhas, com seus picos nevados, seus lagos de cor azul e seus animais.

Uma cidade muito antiga
Pucón é essa cidade muito antiga, ainda do lado do Chile e um importante destino
para o turismo dessa região. Sua formação se dá com construções que são rústicas
e também cercadas por muita vegetação, além de muitas espécies que são
selvagens, como as suas raposas, seus veados e pumas. É um local ideal para uma
escalada ou para sessões que são de esqui no inverno.

A capital da Patagônia
Punta Arenas além de ser a capital da Patagônia está a 4 horas de Santiago do
Chile. É muito colorida e movimentada, sendo uma região que é usada para
conexão com outras regiões que são mais remotas. Seus turistas podem desfrutar
de muitas atrações que são encontradas nessa região e de lá partir para outros
pontos que são considerados como inóspitos.

Conheça o vulcão Osorno
Fica também no Chile, sendo muito famoso não apenas por um vulcão ainda em
ação, como também por ter uma aparência que se assemelha ao Monte Fuji, no
Japão. É ativo nos Andes e com suas partes elevadas sendo vistas cobertas por
geleiras, o que dá uma beleza única para esse lugar, com excursões para os seus
turistas, poderem apreciar tudo o que por lá.

Uma programação mais histórica
Os viajantes que queiram conhecer uma programação que fala sobre a Patagônia,
encontrarão no Museu Paleontológico Egidio Feruglio, uma exposição de fósseis
que são de sua fauna ou flora. É considerado como uma grande referência em nível
internacional. Há uma equipe de técnicos e de cientistas que são especializados nas
muitas áreas que são da Paleontologia.

O planejamento de seu roteiro
Saiba que na Patagônia as distâncias são grandes e ter um planejamento será de
muito bom grado nessa viagem. Serviços como transporte e de diversidade de tours
tendem a ser melhores no lado da Argentina, porém, é no lado do Chile que a
Patagônia pode surpreender aos seus visitantes. Não perca essa oportunidade e
conheça a Patagônia em sua próxima viagem.